Juca Ferreira quer recuperar corte do orçamento do Ministério da Cultura

09.06.2015

Ministro Juca Ferreira participa de evento no Rio (Foto: Matheus Rodrigues/G1)

 

O ministro da Cultura, Juca Ferreira, participou na manhã desta terça-feira (9) do lançamento da construção da Política Nacional para as Artes (PNA), no Centro do Rio. Durante a cerimônia, Ferreira comentou sobre o corte de pouco mais de 20% no orçamento da cultura. Segundo ele, o dinheiro cortado do ministério é pouco para a recuperação econômica do país, mas importante para a cultura.

 

"O corte prejudica, mas nós estamos preparando o ministério para lidar com ele. E vou tentar recuperar esse contingenciamento, a minha ideia é recuperar esse dinheiro retido. O que está sendo cortado eu vou reapresentar para o governo para que eles se sensibilizem de que é necessário. É tão pouco para recuperar a economia do país, mas tão importante para a cultura que eu acho que essa relação deve ser apresentada", disse Ferreira.

 

Ministro afirmou que políticas serão aplicadas em 2016 (Foto: Matheus Rodrigues/ G1)

 

Ele disse ainda que já se reuniu com o ministro da Casa Civil e as negociações já começaram. Antes da apresentação do projeto, a Escola Nacional de Circo realizou diversas apresentações. O presidente da Funarte, Francisco Bosco, também esteve presente no encontro.

Ao ser questionado sobre o papel da Política Nacional para as Artes, que será implementado no início de 2016, o ministro afirmou que uma comissão irá elaborar políticas públicas para tornar a cultura rentável.

"Nos últimos 12 anos o Brasil avançou muito nas políticas públicas de cultura, o Ministério cresceu, o orçamento cresceu e desenvolvemos novas áreas de trabalho. Mas as artes ficaram um pouco secundárias, então no dia da minha posse eu já prometi que haveria essa retomada. As artes são o epicentro de todo o sistema cultural e é preciso que o Estado assuma sua responsabilidade. Junto com os artistas, criadores e empresários, a gente vai definir qual é o papel do Estado. A gente tem que gerar políticas inteligentes para criar possibilidades que boa parte da cultura se torne rentável", afirmou.

 

Direitos autorais
 

Ainda de acordo com ele, esse grupo irá buscar meios para que empresas multinacionais paguem direitos autorais ao utilizarem conteúdo brasileiro. "Não acha um escândalo algumas empresas mais rentáveis do mundo, tipo Google e YouTube, não pagarem os direitos autorais dos artistas brasileiros? Eu acho que isso é uma pirataria para mim. Mas a culpa é nossa, porque não temos uma legislação que faça com que o uso de conteúdo brasileiro possa ser utilizado. Mas agora vamos fazer com que pague os direitos autorais", disse.

 

Fonte: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2015/06/juca-ferreira-quer-recuperar-corte-do-orcamento-do-ministerio-da-cultura.html

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

  • Facebook ícone social
  • Instagram

2017 Institudo Brasileiro de Direitos Culturais